Notícias

📝 Tivemos uma reunião muito positiva, dos 17 setores com o Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para tratar da Desoneração.

👥 O parlamentar apoia a desoneração, bem como o relator senador Veneziano Vital do Rêgo. Ambos nos afirmaram que envidarão esforços para colocar em votação em plenário, nesta quinta-feira.

📌Foram apontadas com bastante clareza, as implicações de desemprego e aumento de inflação, caso não tenhamos sucesso com a prorrogação da desoneração.

🗣️ O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), informou que o projeto que prorroga a desoneração da folha de pagamento das empresas será votado na quinta-feira (9).

📌 O anúncio foi feito nesta terça-feira (7), após reunião entre Pacheco e empresários no gabinete da presidência do Senado. No encontro, eles pediram para que a votação acontecesse ainda nesta semana.

🌐 Fonte: G1

👥 BRASÍLIA - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nesta terça-feira que colocará para votar, na quinta-feira, o projeto de lei que prorroga por mais dois anos a desoneração da folha de pagamento. A medida é considerada essencial para a manutenção de seis milhões de empregos e para a retomada econômica e perderia a validade em 31 de dezembro.

📌 A desoneração da folha, que estava prevista para acabar no fim deste ano, permite às empresas substituir a contribuição previdenciária, de 20% sobre os salários dos empregados, por uma alíquota sobre a receita bruta, que varia de 1% a 4,5%.

🗣️ Para Vivien Suruagy, presidente da Feninfra (federação que representa call centers e redes de instalação e manutenção de telecomunicações e informática), a manutenção da desoneração da folha é fundamental para a preservação e geração de empregos.

🗣️ — A desoneração significou incentivo a investimentos e a empregabilidade. Somente em nosso setor a previsão, com desoneração, é de contratação de 970 mil trabalhadores em cinco anos. Sem desoneração, é demissão em massa de 490 mil trabalhadores em dois anos – afirmou.

🌐 Fonte: O Globo

👥 Após reunião com representantes dos 17 setores que seriam beneficiados com a prorrogação da desoneração da folha de pagamentos, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) anunciou que o projeto de lei que trata sobre o tema será votado nesta semana no Senado Federal.

📌 Na desoneração, o empregador pode optar por trocar a contribuição previdenciária de 20% sobre os salários dos funcionários para pagar uma taxa entre 1% e 4,5% sobre o faturamento bruto da empresa.

🗣 “Considerando tratar-se de um tema já aprovado na Câmara e já conhecido pelo Congresso Nacional, decidimos colocar na pauta do Senado da próxima quinta-feira (9). O projeto terá como relator o senador Veneziano Vital do Rego (MDB-PB)”, anunciou Pacheco.

🗣 “Precisamos continuar com a desoneração. Se a desoneração não vier, nossa previsão é de aumento médio de tributos em torno de 7,5% em relação ao faturamento. EM uma época que estamos saindo da pandemia e tentando sobreviver isso significaria quebra de empresas e demissão generalizada”, defendeu Vivien Suruagy, presidente da Feninfra (Federação Nacional de Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática).

🌐 Fonte: O Brasilianista

👥 O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, anunciou que o Plenário deve votar nesta quinta-feira (9) o projeto de lei que prorroga por dois anos a desoneração sobre a folha de pagamento para 17 setores da economia (PL 2.541/2021). A ideia é aprovar sem mudanças o texto remetido pela Câmara dos Deputados, para que o projeto siga para sanção presidencial ainda neste ano.

🗣 “O tema é amplamente conhecido do Congresso Nacional, porque discussões parecidas aconteceram no passado. É um projeto importante porque alcança setores com alto índice de empregabilidade. Há um compromisso nosso com a colaboração, senão unânime, da maioria do Senado para que tenhamos a apreciação no Plenário ainda nesta semana. A expectativa é de concluir [a votação] no mesmo dia. A Presidência [do Senado] reconhece ser um projeto de grande importância para o setor produtivo nacional”, declarou Pacheco.

📌 Os representantes do empresariado defenderam a aprovação do projeto argumentando que a desoneração é uma política bem desenhada e estimula o investimento e a empregabilidade. Segundo eles, o fim do instrumento dentro do contexto da pandemia traria imprevisibilidade e danos ao mercado de trabalho.

🗣 “Se não vier a desoneração, a nossa previsão é de um aumento médio de tributos em torno de 7,5% em relação ao faturamento. Numa época em que estamos tentando sair da pandemia e sobreviver, isso significa quebra de empresas e demissão generalizada”, alertou Viven Suruagy, da Federação Nacional de Call Center, Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática (Feninfra).

🌐 Fonte: Agência Senado

📝A FENINFRA esteve presente na assinatura dos termos de uso de radiofrequência, no Palácio do Planalto.

👥 A solenidade contou com a presença do presidente Bolsonaro, do ministro das comunicações e diversos outros membros do executivo.

💪 O 5G se torna uma realidade! E nós faremos parte desta grande revolução nas telecomunicações e no crescimento brasileiro.

Federação Nacional de Call Center, Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática.

Localização

Endereço :

Rua Joaquim Floriano, 466 – Conjunto 1.002 – 10º and – Ed. Brascan Century Corporate – Itaim Bibi – CEP: 04534-002 - São Paulo - SP

Telefone :

+55 (11) 3074-5600

Informativos da FENINFRA

Cadastre-se para receber informativos da FENINFRA.